,

Mais uma Volta ao Mundo

Em abril de 2020 vou fazer mais uma viagem de Volta ao Mundo (será minha )!

A definição do roteiro deste novo giro ao redor da Terra foi feita com um objetivo principal: “torrar” os pontos que eu tinha acumulado na minha conta do Programa Amigo da falecida AVIANCA BRASIL.

Em abril de 2019, eu tinha literalmente centenas de milhares de pontos e tudo indicava que a companhia brasileira estava com o destino traçado: interrupção das operações e falência; por isso, comecei a analisar as melhores opções de usá-los em voos das parceiras da aliança global STAR ALLIANCE e, com isso, não morrer com eles na minha mão.

A320 da Avianca com pintura Star Alliance

Parte dos pontos foram utilizados para a emissão da passagem entre Copenhagen e Shanghai a bordo de um Airbus A340 da SAS, naquela viagem de Volta ao Mundo que fiz com a Patroa em setembro de 2019 (confira AQUI como foi este voo em classe Executiva).

A340 da SAS – Aer. de Copenhagen
Assento 8H da Business do A340 do SAS

E o restante deles eu consegui “desovar” direcionando para esta Volta de 2020, com a emissão de tickets para voar e avaliar a japonesa ALL NIPPON AIRWAYS e a egípcia EGYPTAIR.

A Patroa vai me acompanhar em parte da viagem: ela me encontrará na Europa.

Desta vez, seguirei pelo oeste, saindo do Brasil em direção aos Estados Unidos, ficarei 01 noite e partirei para a Ásia (Japão), de lá para o norte da África (Egito), onde vou turistar um pouco. Depois, rumarei para a Itália e, em seguida para a Holanda, onde ficarei um tempinho. Sigo para a França, encontro a Patroa e vamos para a Suíça, país que será explorado por alguns dias. Na volta para casa, vamos para a Espanha e pegamos o voo para o Brasil.

Para facilitar a visualização do roteiro completo, separei a jornada em 04 partes:

1- do Brasil para os Estados Unidos, de lá para o Japão

Tudo começará com um voo do Rio (Santos Dumont) para Guarulhos/GRU no Airbus A319 da LATAM BRASIL, em classe Econômica. Do Brasil para Nova York/JFK voarei no Boeing 777-300ER da LATAM BRASIL, também em classe Econômica, mas com perspectiva de upgrade em função do meu status Black Signature do programa Latam Pass.

Airbus A319 da LATAM BRASIL
Boeing 777-300ER da LATAM BRASIL

Chegarei na manhã de uma 6ª feira na Big Apple e vou me hospedar no charmoso hotel TWA, que fica dentro do Aer. John F. Kennedy. No sábado, vou sair terra do Tio Sam em direção à Terra do Sol Nascente (Japão), na classe Econômica de outro Boeing 777-300ER, desta vez da ALL NIPPON AIRWAYS – ANA, um voo de 14 horas.

Boeing 777-300ER da ANA

2- do Japão para o Egito

Farei uma rápida conexão no Aer. de Narita/NRT em Tóquio e embarcarei em um (lindo) Boeing 787-9, voando na classe Executiva da EGYPTAIR tendo a cidade do Cairo/Egito como destino, com um detalhe relevante: não são servidas bebidas alcoólicas durante a viagem, que tem duração aproximada de 14 horas. Infelizmente, não tenho fotos do Dreamliner da companhia egípcia em meu acervo.

3- do Egito para rodar pela Europa

Um Airbus A321 da ALITALIA vai me levar do Cairo/CAI até Roma/FCO (classe Econômica), onde farei uma conexão quase imediata para pegar um Airbus 320, também da companhia italiana, até Amsterdam/AMS (classe Executiva).

Airbus A321 da ALITALIA
Airbus A320 da ALITALIA

Ficarei uma noite na capital holandesa e hospedado em um hotel pertinho do aeroporto, para fazer uma sessão de fotos deste famoso spotting point. No dia seguinte, pegarei um trem-bala para Paris, onde encontrarei com a Patroa, que chegará de Guarulhos em um Airbus A350 da LATAM BRASIL. Da Cidade Luz, pegaremos um Airbus A319 da AIR FRANCE com destino à Genebra/GVA, um voo curto de apenas 01 hora de duração. Ficaremos na Suíça por 10 dias, explorando os muitos encantos do país, tendo Zurich como última cidade a ser visitada.

Trem-bala na Europa
Airbus A319 da Air France

4- da Europa para o Brasil

O retorno para casa começará com um voo de Zurich/ZRH para Barcelona/BCN de manhã bem cedo, na classe Econômica de um Airbus A321 da SWISS e, depois, pegaremos um Boeing 767-300ER da LATAM BRASIL até Guarulhos/GRU, um voo diurno que nos levará de volta à terrinha, novamente com a expectativa de conseguir um upgrade para o Premium Business, o que seria muito bem-vindo para um voo de 12 horas de duração. Finalmente, um Airbus A319 nos levará até a Cidade Maravilhosa (Santos Dumont).

Airbus A321 da SWISS
Boeing 767-300ER da LATAM BRASIL
Airbus A319 da LATAM BRASIL

No total, serão 42.247 quilômetros voados, com o trecho mais longo entre os Estados Unidos e Japão (quase 11.000 quilômetros). Se tirarmos os trechos nacionais, o voo mais curto será entre a França e a Suíça (de Paris para Genebra, cerca de 400 quilômetros). Voarei três vezes no A319 e duas vezes no B777-300ER e no A321. Não seria nada ruim se a LATAM BRASIL mudasse de aeronave e colocasse o A350 no voo entre Guarulhos e Nova York.

Acompanhe a partir do dia 05 de abril de 2020 todos detalhes desta aventura nas redes sociais (Instagram e Facebook) do V&A.

Bons voos!


0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.