Minha viagem para o Mundial

Quem acompanha os stories no Instagram do Voando e Avaliando sabe que estive presente no jogo único da fase final da Copa Libertadores que foi realizada em Lima/Peru: fui testemunha ocular do título internacional mais importante conquistado pelo Flamengo nos últimos anos.

A VIAGEM PARA LIMA

A LATAM BRASIL me levou e me trouxe de volta para viver esta experiência única, a bordo do Boeing 777-300ER, o maior avião de sua frota. A companhia operou uma série de voos extras partindo do Rio de Janeiro e São Paulo para transportar os milhares de torcedores rubro-negros.

Boeing 777-300ER – LATAM BRASIL

Na ida para o Peru, parti de Guarulhos e voei na aeronave de prefixo PT-MUJ, que já carrega a nova identidade visual da companhia e que também já passou pelo processso de retrofit da cabine e, portanto, já tem a nova configuração da Premium Business (esquema 1 x 2 x 1).

Embarque da torcida do Flamengo em Guarulhos
Cabine com retrofi do Boeing 777 da LATAM

No retorno ao Brasil, com destino a terras paulistas, o voo foi operado pelo avião de prefixo PT-MUI, que também já carrega a nova pintura da LATAM, mas que ainda não passou pelo processo de modernização de cabine, ou seja, o esquema da classe Executiva é o temido e ultrapassado 2 x 3 x 2.

Cabine sem modernização do Boeing 777 da LATAM
Boeing 777-300ER no pátio de Guarulhos

Uma vez campeão das Américas, eu não poderia deixar de acompanhar o jogo mais relevante do ano para o clube carioca: já está tudo certo para a minha ida para Doha/Qatar para acompanhar a partida final do Campeonato Mundial de Clubes, no dia 21 de dezembro de 2019.

A JORNADA DE IDA PARA DOHA/DOH

O planejamento da viagem começou ainda em outubro, muito antes do Flamengo se habilitar para estar em Doha, pois eu estava confiante de que o clube de maior torcida do Brasil seria o campeão das Américas.

O trabalho não foi fácil, pois a distância entre Brasil e Qatar não é pequena e as opções de voos saindo da América do Sul não são muitas e, para piorar, o país do Oriente Médio ainda sofre embargos de alguns países da região, restringindo algumas alternativas de conexão. Depois de muitas pesquisas, finalmente fechei o roteiro, que foi alterado recentemente.

Sairei no dia 18 de dezembro (5ª feira) do Galeão/GIG para Guarulhos/GRU a bordo de um Airbus A321. Para a emissão desta passagem Rio-SP “torrei” 6.900 pontos do Programa LATAM Pass.

Airbus A321 da LATAM no Aer. de Brasília

Depois, seguirei para Tel Aviv/Israel no Boeing 787-800 da LATAM CHILE: será minha estreia nesta rota que começou a ser operada em dezembro de 2018.

Boeing 787-8 da LATAM CHILE em Santiago

O voo sai de Santiago do Chile/SCL, faz uma escala técnica no Brasil e parte para a Ásia, portanto, a tripulação de cabine é chilena. A passagem foi emitida para a classe Econômica, mas tenho a expectativa de conseguir um upgrade para a Premium Business em função do benefício que meu status Black no LATAM Pass me garante em caso de disponibilidade de lugar.

Já no final do dia 19 (5ª feira), farei uma conexão de 03 horas no Aeroporto Internacional Ben Gurion na capital israelense e embarcarei no Boeing 777-300ER da TURKISH AIRLINES com destino à Istambul/Turquia, voando na classe Econômica. É justamente este modelo de aeronave de fuselagem larga que opera voos diários da companhia turca para Guarulhos/GRU, de onde vai até Buenos Aires/EZE.

Boeing 777-300ER da Turkish Airlines

Originalmente, eu tinha emitido uma passagem GIG-GRU-TLV gastando 56.000 pontos do LATAM Pass, mas no final de novembro decidi fazer o “investimento” de comprar uma passagem “one-way”, gastando cerca de R$ 3.000,00, para voar os trechos GRU-TLV-IST em classe Econômica. A decisão de gastar dinheiro fez parte de um acompanhamento detalhado que faço do acúmulo de pontos qualificáveis e da oportunidade de subir minha categoria neste Programa: de Black para Black Signature.

Chegarei na Turquia no dia 20 de dezembro (6ª feira) de madrugada. A minha ideia é descansar um pouco no Hotel instalado dentro do novíssimo e maior aeroporto turco e, por volta de 10:00h, partir de ônibus para o Aeroporto Internacional Sabiha Gökçen (sigla SAW), o outro terminal que atende a cidade e que fica a cerca de 85 quilômetros de distância.

Para finalmente chegar em Doha, vou voar na classe Executiva de um Airbus A320 da QATAR AIRWAYS que possui poltronas flat-beds instaladas, detalhe que me atraiu bastante, pois eu nunva voei e avaliei uma aeronave de pequeno porte com assentos que viram cama de 180 graus. Gastei 24.400 milhas Smiles para “comprar” este bilhete.

Airbus A320 da Qatar Airways

A IDA PARA MIAMI/MIA

O meu retorno não será feito de forma direta para o Brasil. Minha irmã mais nova está morando em Miami e a família já tinha se programado para passar o Natal nos Estados Unidos.

No dia 23 de dezembro (domingo), partirei às 08:30h do Oriente Médio com chegada prevista às 16:30h na principal cidade da Florida (serão cerca de 15 horas de voo). Mais uma vez, recorri ao Programa Smiles, gastando 59.100 milhas para a emissão de um bilhete em classe Econômica com a parceira QATAR AIRWAYS.

Este voo será operado por um Airbus A350-900. Já voei e avaliei a companhia árabe nesta modelo de aeronave, saindo de Doha em direção a Frankfurt/Alemanha na parte final da Volta ao Mundo de 2018 (confira AQUI como foi esta viagem em classe Executiva).

Airbus A350 da Qatar Airways

O RETORNO PARA O BRASIL

No final de 2018, voltamos da Europa no dia 31 de dezembro, e tivemos a primeira experiência de passar o Reveillon nas alturas (confira AQUI como foi o voo na classe Executiva do – agora aposentado – Airbus A340 da TAP) e gostamos: voo vazio e fugimos da confusão desta data comemorativa.

Por isso, vamos repetir a dose em 2019: passaremos o Ano Novo a bordo de um Boeing 777-300ER da LATAM BRASIL em um voo com destino a Guarulhos/GRU.

Boeing 777-300ER da LATAM em Guarulhos

Para finalmente chegar na Cidade Maravilhosa, vamos fechar a viagem pegando no início da manhã do 1º dia de 2020 um voo da própria LATAM para o Aer. Santos Dumont/SDU operado por um Airbus A319.

Airbus A319 da LATAM BRASIL

O RESUMO DA JORNADA

Nesta viagem, vou voar mais de 34.000 quilômetros (21,197 milhas), passando por 03 continentes e enfrentando 02 voos de longa duração (1- Guarulhos para Tel Aviv com 10.559 km e 2- Doha para Miami com 12.359 km).

Mapa dos voos para ver a final do Mundial de Clubes
Detalhes dos voos para ver a final do Mundial de Clubes

Que eu leve sorte ao Flamengo e que consigamos mais um caneco!!!!

Bons voos!

V&A

Pílulas publicadas em 05.12.2019

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.