Balanço dos (muitos) voos em 2016

Chegamos ao fim de 2016, é hora de contabilizar o resultado dos voos feitos ao longo dos últimos 12 meses.

Em 2015, eu fiz o controle somente dos voos internacionais. Durante os 12 meses daquele ano, foram 33 voos feios para fora do Brasil ou no exterior, com mais de 150.000 quilômetros voados, ficando mais de 200 horas dentro de um avião.

Já em 2016, comecei a registrar TODOS os voos que fiz (nacionais e internacionais) na ferramenta disponibilizada pelo site Flight Diary (www.flightdiary.net). O mapa dos rotas voadas mostra:

  • a jornada de Volta ao Mundo que fiz entre os meses de maio e junho (veja mais detalhes aqui)
  • a grande quantidade de voos dentro do Brasil e da América do Sul
  • a grande quantidade de voos dentro da Europa

_balanco-2016-mapa

Além disso, os números dos voos do ano de 2016 são incríveis:

158 voos, sendo 115 dentro do Brasil e 43 internacionais

294.917 quilômetros voados (o equivalente a 7,4 voltas ao redor da Terra)

– mais de 461 horas dentro dos aviões, o equivalente a 19 dias

_balanco-2016-numeros

A ferramenta também fornece alguns detalhes adicionais:

– quinta-feira é o dia que mais viajo (foram 32 voos) e o mês de fevereiro foi o mais intenso (foram 22 voos)

_balanco-2016-dias-e-meses

São Paulo para Frankfurt foi a rota mais longa voada, com distância de 6.095 milhas, apenas 91 milhas a mais do que Auckland (Nova Zelândia) para Santigo (Chile)

_balanco-2016-dintancias

– sentei mais na janela (105 vezes) e viajei mais de classe Econômica (127 vezes)

_balanco-class-seat

– entre viagens de “lazer” e “de trabalho”, tive um empate técnico (77 e 79); e o continente mais visitado foi a América  do Sul (por conta dos voos nacionais) seguido da Europa

_balanco-reason-continents

Que venha 2017 e mais voos!

Feliz Ano Novo e bons voos!

V&A

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.