Voando com a QATAR (DOH/FRA)

11º trecho da Volta ao Mundo de 2018 me levou do Oriente Médio até a Europa

– este será o último voo que com uma avaliação completa, pois o meu retorno ao Brasil foi feito com a LATAM AIRLINES, a bordo do Boeing 777-300ER, com destino a Guarulhos/GRU; já tenho alguns flight reports deste tipo de viagem (confira um exemplo AQUI), portanto, decidi aproveitar para descansar e dormir muito na jornada cruzando o Oceano Atlântico

– a distância entre Doha/DOH, no Qatar, e Frankfurt/FRA, na Alemanha, é de 2.853 milhas (cerca de 4.590 quilômetros), a duração do voo seria algo próximo de 06 horas

A COMPRA DA PASSAGEM

– para emissão com milhas/pontos neste trecho, considerando voos diretos, há basicamente 02 opções (a LUFTHANSA, principal companhia alemã, não opera voos sem escala/conexão para Doha):

1- usar pontos do Programa Fidelidade/Multiplus da LATAM AIRLINES, para voar com QATAR AIRWAYS, parceira da aliança ONE WORLD

2- torrar milhas do Programa Smiles, em função da parceria com a mesma QATAR

– em função da minha realidade e disponibilidade dos programas de fidelização, decidi recorrer ao Smiles, gastando 50.000 milhas para voar na classe Executiva (não havia disponibilidade para a classe Econômica); se eu tivesse recorrido aos pontos Multiplus, teria gasto 55.000

Emissão da passagem com milhas do Programa Smiles

– além disso, tive que pagar R$ 73,70 de taxa de embarque, um valor relativamente baixo (para fins de comparação, cerca de metade do valor cobrado para os passageiros que embarcam em voos internacionais que partem dos aeroportos brasileiros)

Custo total: 50.000 milhas + R$ 73,70 de taxas

– o código de reserva fornecido pelo Smiles é reconhecido normalmente no site da QATAR AIRWAYS, onde é possível fazer a reserva prévia de assentos, imprimir o comprovante da passagem e escolher refeições especiais

Reserva confirmada no site da Qatar Airways

A RÁPIDA PASSAGEM POR DOHA

– cheguei em Doha 02 dias antes, depois de pegar o voo mais longo do mundo, operado por um Boeing 777-200LR da QATAR AIRWAYS, que partiu de Auckland/Nova Zelândia e percorreu mais de 9.000 milhas (confira AQUI como foi)

Boeing 777-200LR da Qatar no Aer. de Auckland

Cabine da classe Executiva do Boeing 777-200LR

– aproveitei a oportunidade para reencontrar um casal de amigos que mora por lá há alguns anos; eles me levaram para almoçar perto da marina da região chamada de “Pérola”, uma ilha artificial construída para abrigar novos e milionários empreendimentos imobiliários; na saída, pegamos uma tempestade de areia, que passou rápido!

– meu hotel ficava perto do mercado Souq Waqif, o enorme, tradicional e colorido mercado municipal localizado no centro da cidade e onde é possível comprar de tudo (de souvernirs a pombos)

Bandeira do Qatar no Souq Waqif – Doha City

Galeria de Arte no Souq Waqif – Doha City

Parte externa do Souq Waqif – Doha City

O AEROPORTO DE DOHA

– cheguei no Aeroporto Internacional de Doha/DOH às 05:30h daquela 6ª feira, com mais de 02 horas de antecedência para o voo marcado para partir às 07:45h; eu peguei um UBER (que foi minha principal forma de locomoção durante minha curta passagem pela cidade) para me levar do hotel até lá, gastando cerca de R$ 25,00 para um trajeto de 25 minutos

– na parte externa do terminal, placas indicavam que havia uma área especial e dedicada para o atendimento dos passageiros da classe Executiva e First Class

Aer. de Doha – Parte externa

Aer. de Doha – Parte externa

– a área do Premium Check-in da QATAR está localizada atrás de um grande painel com um canteiro com flores coloridas na frente

Área de Premium Check-in – Qatar Airways

Área de Premium Check-in – Qatar Airways

– está área é grande, são muitos guichês instalados do lado direito e uma grande quantidade de sofás, mesinhas e poltronas do esquerdo, onde os acompanhantes dos passageiros podem ficar aguardando confortavelmente o atendimento no check-in

Área de Premium Check-in – Qatar Airways

Área de Premium Check-in – Qatar Airways

– todos os balcões estava ocupados, tive que aguardar alguns poucos minutos para iniciar o meu procedimento de check-in; fui atendido pelo funcionário Hossain, de forma muito rápida, minhas 02 malas foram despachadas em segundos (uma deles, comprei no mercado da cidade por apenas R$ 40,00, comecei a torcida para que ela chegasse inteira no Brasil) e ele confirmou meu lugar reservado, ressaltando que era a última fileira perto da asa do avião; por fim, ele informou que o embarque estava programado para 07:00h e que o Portão fecharia 20 minutos antes do horário da decolagem

– o cartão de embarque foi entregue dentro de uma linda capinha de papel duro, um detalhe que traduz o tratamento VIP que a QATAR concede aos seus clientes de classes superiores

Cartão de Embarque – Qatar Airways – Doha/Frankfurt

Cartão de Embarque – Qatar Airways – Doha/Frankfurt

– a estrutura desta parte do Aeroporto de Doha já impressiona: arquitetura super moderna, com o teto em forma de arco e com tom futurístico, com armações de ferro e vidro; quiosques de auto-atendimento estão espalhados, o que é sempre uma boa alternativa para quem vai viajar sem despachar malas, evitando as tradicionais filas nos balcões de check-in

Aeroporto de Doha – Área de Check-in

Aeroporto de Doha – Área de Check-in

Aeroporto de Doha – Área de Check-in

Aeroporto de Doha – Área de Check-in

– a caminhada até o controle de passaporte é muito rápida e, novamente, era uma área dedicada para passageiros da 1ª Classe e Executiva; somente 01 pessoa estava na minha frente; 02 minutos depois, meu passaporte já estava carimbado com o registro de saída do Qatar

– o controle de raio-x ficava alguns passos à frente, coloquei minha mochila na bandeja, tirando o computador, seguindo o procedimento padrão de segurança, e não perdi tempo; eram 05:45h e eu já estava apto a continuar curtindo este aeroporto que não pode ser definido de outra forma: alucinantemente incrível

O “SHOPPING” DO AEROPORTO DE DOHA

– as grifes mais caras do mundo têm lojas na imensa área de embarque deste terminal; tudo é muito lindo e limpo, com muitas e muitas pessoas indo de um lado para o outro

– parei na 1ª loja que vi vendendo produtos (chaveiros, baralho, imãs, boné, canecas e estojos) da QATAR AIRWAYS (de nome “Bazaar”); os preços das miniaturas não estavam muito convidativos, mas não podia deixar de adquirir novas unidades para minha coleção: comprei o Airbus A350 por 59 dólares e o Boeing 777-300ER por 67 dólares, ambos de plástico, com trem de pouso, na escala 1/200; além destes, comprei uma outra réplica, mas de metal e na escala 1/500 do Boeing 777-300ER por apenas 12 dólares

Loja no Aer. de Doha – Venda de Miniaturas

Miniaturas da Qatar Airways

– o aeroporto tem uma enorme parte central onde fica o icônico e gigante urso de pelúcia amarelo; grandes painéis eletrônicos estão instalados nas partes laterais desta área; o teto de vidro com vigas de ferro aparentes faz o ambiente ficar lindo

Aeroporto de Doha – Área de Embarque

Aeroporto de Doha – Área de Embarque

– a área de embarque deste aeroporto realmente é incrível e a sensação é que você está em um shopping de luxo de alguma grande cidade, onde se vende de tudo (de ouro a lagosta) e onde é possível encontrar até uma réplica de um carro de Fórmula-1 da equipe Red Bull em tamanho real 

Aeroporto de Doha – Área de Embarque

Aeroporto de Doha – Área de Embarque

Aeroporto de Doha – Área de Embarque

– como pode ser visto nestas fotos, não é a toa que o Hamad International Airport é premiado todo ano como um dos melhores terminais de passageiros do mundo, fato que é divulgado em grandes painéis instalados pela área de embarque

A SALA VIP DA QATAR

– depois da “excursão pelo shopping”, era hora de relaxar um pouco na Sala VIP; a QATAR tem mais de um lounge por lá: o ORYZ LOUNGE recebe os passageiros com status premium das companhias aéreas parceiras e também quem viaja na classe Econômica (mediante o pagamento de uma taxa de US$ 55), o AL MOURJAN BUSINESS LOUNGE é destinado aos passageiros da classe Executiva e o AL SAFWA é dedicado exclusivamente aos passageiros que vão voar em Primeira Classe

– cheguei no AL MOURJAN às 06:20h, depois de subir uma longa escada rolante; não seria a minha 1ª vez, eu passei nesta Sala na Volta ao Mundo de 2016, quando fiz conexão em Doha vindo da África do Sul e a caminho da Tailândia (Bangkok/BKK), confira AQUI como foi aquele voo em classe Executiva a bordo do gigante Airbus A380


– um grande balcão espelhado funciona como a recepção do Lounge, onde é necessário fazer a conferência do boarding pass e do direito a entrar no espaço; logo atrás, uma linda escultura de ferro está instalada

Sala VIP da Qatar – Business Lounge

Sala VIP da Qatar – Business Lounge

Sala VIP da Qatar – Business Lounge

– uma escada em forma de caracol ao lado de um grande lustre leva ao 2º andar, onde está instalado um dos restaurantes do espaço; apesar de uma quantidade enorme de mesas instaladas, estava lotado, tive dificuldades para arrumar um lugar para sentar

Sala VIP da Qatar – Business Lounge

Sala VIP da Qatar – Business Lounge – Buffet

Sala VIP da Qatar – Business Lounge – Buffet

Sala VIP da Qatar – Business Lounge – Bar

– tive uma boa refeição matinal, com mini-panqueca quente, frios (3 tipos de queijo + peito de peru defumado) e frango; uma caneca de café preto acompanhou

Sala VIP da Qatar – Business Lounge – Café da manhã

– a parte “social” da Sala é ótima, são muitos ambientes, todos amplos e muito bem decorados e com móveis estilosos; há ótima sensação de espaço pelo fato do teto ser o mesmo da estrutura do aeroporto (bem alto)

Sala VIP da Qatar – Business Lounge

Sala VIP da Qatar – Business Lounge – Buffet

Sala VIP da Qatar – Business Lounge – Buffet

– sem dúvidas, é uma VIP Lounge excelente, mas tem um defeito: falta uma visão decente para o pátio de manobras do aeroporto, para que os visitantes pudessem apreciar a manobra das aeronaves; na parte do Business Center até tem uma janela, mas com visão muito reduzida pela estrutura de aço e com vidro extremamente sujo

Sala VIP da Qatar – Business Lounge – Janelas sujas

– fiquei lá até 06:55h, pois quando entrei, a funcionária da recepção indicou que a caminhada até o Portão C21 seria de pelo menos 10 minutos

O EMBARQUE NO AIRBUS A350

– em termos de distância, era bem longe mesmo, mas esteiras rolantes estão instaladas ao longo do trajeto e ajudam no deslocamento até lá; mais uma vez, a estrutura do aeroporto impressiona


– me atrasei um pouco para chegar até o Portão de Embarque, pois fiquei tirando algumas fotos e e fazendo alguns vídeos para o Instagram do V&A, só cheguei às 07:10h (35 minutos antes do horário de partida) depois de seguir a sinalização ostensiva e descer uma escada rolante para poder alcançar um pavimento inferior

Caminho até o Portão C21 – Aer. de Doha

Caminho até o Portão C21 – Aer. de Doha

Caminho até o Portão C21 – Aer. de Doha

Caminho até o Portão C21 – Aer. de Doha

– o Portão C21 ficava em um salão acarpetado e de teto baixo; ficou evidente naquele momento, para minha total felicidade, que o embarque do voo QR67 seria feito de forma remota, ou seja, uma ótima oportunidade para fazer fotos externas da “máquina” que me levaria do Oriente Médio para a Europa

Área de Embarque – Portão C21

Área de Embarque – Portão C21

Monitor – Portão C21 – Voo QR067

– quando me apresentei, o embarque já estava em sua fase final; a funcionária informou que eu deveria aguardar um pouco porque um transporte especial para passageiros da Business Class estava a caminho e que aquele ônibus que já estava lá era para quem estava viajando na Econômica; eu falei que não tinha problema nenhum e me ofereci para ir logo no “busão”

– eu e mais 10 passageiros ficamos aguardando (o ar-condicionado dentro do ônibus estava funcionando bem) mais algumas pessoas que estavam mais atrasados chegarem e só fomos partir perto de 07:20h; para mim, foi uma espera válida, pois estávemos bem ao lado de 02 Airbus A350 (de prefixo A7-ANA e A7-ALL), encostados em fingers, sendo preparados para seus próximos voos

Airbus A350 – Acoplado no Finger – Aer. de Doha

Airbus A350 – Acoplado no Finger – Aer. de Doha

– a “carona” até o avião que operaria o meu voo foi muito longa e demorada, o aeroporto tem muitos pátios de estacionamento de aeronaves em torno do terminal de passageiros, chegamos até a passar por um longo túnel 

Ônibus – Aer. de Doha – Embarque remoto

– neste trajeto, passamos por muitas posições remotas do Aeroporto de Doha, o que permitiu que registrasse alguns modelos de aeronaves que compõem a eclética frota da QATAR: Airbus A319, Boeing 777-300ER e Boeing 787-8

Airbus A319 – Qatar Airways

Boeing 777-300ER – Qatar Airways

Boeing 787-8 – Qatar Airways

Caudas das aeronaves da Qatar – Aer. de Doha

– ainda de dentro do ônibus, percebi que o Airbus A350 que me levaria até Frankfurt carregava uma pintura especial da aliança ONE WORLD; de prefixo A7-ALZ, esta linda máquina era a mais nova da QATAR e tinha sido entregue apenas 15 dias antes (em 18.04.2018)

Airbus A350 – Qatar Airways – Pintura One World

Airbus A350 – Qatar Airways – Pintura One World

embarque remoto realmente é uma maravilha: depois de descer do ônibus, fiz alguns registros fotográficos do Airbus que não seria possível caso estivéssemos entrando no avião por uma tradicional ponte de embarque 

Airbus A350 – Qatar Airways – Pintura One World

Airbus A350 – Qatar Airways – Pintura One World

– do alto da escada que dava acesso ao A350 (a entrada foi feita pela porta 2L), mais fotos de detalhes desta aeronave que está equipada com 02 enormes motores Rolls Royce Trent XWB

Airbus A350 – Qatar Airways – Pintura One World

Airbus A350 – Qatar Airways – Pintura One World

Airbus A350 – Qatar Airways – Pintura One World

Airbus A350 – Qatar Airways – Pintura One World

Airbus A350 – Qatar Airways – Pintura One World

– fui recepcionado na porta do A350 de forma calorosa por 02 Comissárias, que me indicaram como chegar ao meu lugar; a poltrona 9A ficava na última fileira da classe Executiva, uma janela na parte da esquerda da aeronave

– este Airbus já trazia o novo conceito de classe Executiva lançado pela QATAR no meio de 2017 e que trouxe grande evolução na experiência de voo nesta classe superior, pois introduziu o conceito de “cabine“, antes restrita à Primeira Classe; o meu assento era invertido, portanto, eu voaria até Frankfurt “de costas”; a cabine estava com todas as janelas fechadas e a iluminação interna estava configurada para deixar o ambiente roxo

Assento 9A – Qsuite – A350 da Qatar

Assento 9A – Qsuite – A350 da Qatar

Assento 9A – Qsuite – A350 da Qatar

Assento 9A – Qsuite – A350 da Qatar

Assento 9A – Qsuite – A350 da Qatar

Jessica seria a Comissária responsável pelo meu atendimento durante o voo; ela veio se apresentar e me perguntou se eu já conhecia a QSuite; como respondi que não, ela fez um “tutorial” de como funcionava todos os recursos da poltrona de forma bem humorada e simpática; mostrou os cartões com instruções de segurança, destacando que um deles trazia informações específicas  sobre a “cabine”

Cartão com instruções de segurança – Qsuite da Qatar

Cartões com instruções de segurança – A350 da Qatar

– no braço esquerdo da poltrona tinha um compartimento com o fone de ouvido, a revista de bordo, uma garrafa de água e ainda sobrava algum espaço para guardar objetos pessoais

Compartimento no braço esquerdo da poltrona

– a cabine de forma geral é um espetáculo 02 sessões (são 06 fileiras na primeira e mais 03 na segunda), na configuração 1 x 2 x 1, ou seja, 36 felizardos podem viajar na classe Executiva nos Airbus A350s que já contam com a nova Qsuite (a classe Econômica está configurada para levar 247 passageiros); neste voo, todos os assentos estavam ocupados, 100% de ocupação

Inside da cabine do A350 – Qsuite – Qatar

Inside da cabine do A350 – Qsuite – Qatar

Inside da cabine do A350 – Qsuite – Qatar

Inside da cabine do A350 – Qsuite – Qatar

– o welcome drink foi oferecido e pedi somente um copo de suco de laranja, estava muito cedo para encarar uma taça de champagne

Welcome drink: suco de laranja

– as necessaires de todos os passageiros (no meu caso, de cor azul claro) já estavam disponíveis, colocadas perto do monitor de vídeo; era do mesmo modelo que tinha recebido no voo anterior: da grife inglesa BRIC’S, o kit vem completinho (com exceção de pasta e escova de dente) com produtos da marca italiana MONTE VIBBIANO; perguntei para a Comissária se seria possível trocar a cor da necessaire e ela informou que tentaria uma roxa

Necessaire – Qatar – A350

Necessaire – Qatar – A350

– já estavam dispostos na minha cabine, um cobertor roxo embalado em plástico, um travesseiro branco com uma fronha que trazia a seguinte frase: “The sky is a wonderful place to be“, além de um 2º travesseiro com fronha roxa colocado no assento

Cobertor e travesseiro – Business da Qatar

– Jessica me entregou os menus do serviço de bordo (de papel duro e cheio de detalhes) que seria oferecido na jornada até a Europa

Menus do serviço de bordo – Business Class da Qatar

– uma tomada universal e uma porta USB ficam muito bem localizadas, de fácil acesso; mais duas portas USBs estão instaladas na parte lateral do monitor de vídeo, portanto, era possível carregar ao mesmo tempo vários equipamentos eletrônicos durante ao voo 

– o Comandante usou o sistema de áudio para anunciar que o tempo estimado de voo era de 05 horas e 45 minutos de voo e que o tempo em rota estava bom, com temperatura de 25 graus na maior cidade alemã

O VOO PARA FRANKFURT

– o procedimento de pushback foi iniciado às 07:50h, quando o vídeo com as instruções de segurança começou a ser exibido na tela do sistema de entretenimento; todas as comunicações estava sendo em inglês e depois em árabe

Vídeo com instruções de segurança – Qatar

Vídeo com instruções de segurança – Qatar

– durante o taxiamento, a dominância das operações da QATAR neste aeroporto fica ainda mais flagrante, com muitas aeronaves de grande parte da companhia árabe, com destaque para um Airbus A380 partindo para mais uma missão e um Airbus A340 sendo preparado para o próximo voo

Ponta da asa do A350 + A380 da Qatar

Airbus A340 da Qatar – Aer. de Doha

Airbus A380 da Qatar – Aer. de Doha

– alinhamos na pista 34L (que tem incríveis 4.250 metros) às 08:05h; a aceleração em potência máxima dos 02 motores RR Trent XWB foi feita por 40 segundos até que o A350 começasse a ganhar altura; o perfeito isolamento acústico da cabine é algo chocante, é possível até esquecer que uma decolagem estava sendo realizada

Decolagem em Doha rumo a Frankfurt

Decolagem em Doha rumo a Frankfurt

Decolagem em Doha rumo a Frankfurt

Decolagem em Doha rumo a Frankfurt

Decolagem em Doha rumo a Frankfurt

– a partida pela pista 34 permite uma bela visão a esquerda da cidade de Doha, com muitos edifícios de alto padrão espalhados a beira do Golfo Pérsico

Visão aérea do centro de Doha

Visão aérea do centro de Doha

– o sistema de vídeo tinha uma tela enorme e de altíssima definição; o controle remoto parecia um aparelho celular; com tecnologia touchscreen e com alta resolução, a navegação é simples e intuitiva e é possível programar para que um determinado conteúdo passe no monitor e outro na tela do controle

Controle Remoto – Sistema de Vídeo – Business

Controle Remoto – Sistema de Vídeo – Business

Controle Remoto – Sistema de Vídeo – Business

– o fone de ouvido estava embalado em um plástico com a indicação explícita “propriedade da Qatar Airways”, portanto, nada de levar para casa; este equipamento não era dos mais “sinistros”, mas funciona bem, com bom isolamento de ruídos externos

Fone de Ouvido – Qatar – Business

Fone de Ouvido – Qatar – Business

– o sol batia forte lá fora e a minha posição invertida acabava me permitindo ter uma visão constante da linda paisagem pela janela do A350

– logo depois que o sinal de apertar cintos foi apagado, a Jessica veio anotar as minhas escolhas de pratos para café da manhã; eram muitas opções: 04 entradas, 02 pratos principais e mais 05 pratos lights

Menu do café da manhã – Business da Qatar

Menu do café da manhã – Business da Qatar

– eram 09:00h quando a Comissária arrumou a minha mesa e logo em seguida trouxe uma cestinha de pães quentes, junto com potinho de manteiga, de geleia e uma vela de mentirinha

Café da manhã – Business – Qatar

– de entrada eu pedi o “Greek yoghurt, raspberry compote and toasted granola with nuts“: iogurte com molho de framboesa e granola

Café da manhã – Business – Qatar (entrada)

– eu tinha escolhido para o prato principal a opção de ovo mexido com batata, tomate, frango e cogumelos: estava delicioso; uma grande xícara de café preto com adoçante chegou por último

Café da manhã – Business – Qatar

Café da manhã – Business – Qatar

– comecei a ver filme “The Mountain Between Us” com Kate Winslet e Idris Elba, que conta a história de um homem e uma mulher que sofrem um acidente aéreo, lutam bravamente pela sobrevivência e acabam vivendo um grande amor; um ótimo passatempo matinal

Filme – The Mountain Between Us

Filme – The Mountain Between Us

Filme – The Mountain Between Us

– o sistema de controle de luminosidade da janela do A350 me chamou a atenção: a cortina era do tipo “sanfona” e funcionava em 03 estágios (escura, com pouco claridade e aberta)

Janela – A350 da Qatar – Business (escura)

Janela – A350 da Qatar – Business (pouca claridade)

Janela – A350 da Qatar – Business (aberta)

– neste A350, há 02 banheiros dedicados para os passageiros da Business, localizados na parte da frente, portanto, um pouco distante para mim, que estava na última fileira; de ótimo tamanho, muito  limpo e com amenidades disponíveis (kit dental e de barbear); e com um diferencial: uma janela instalada em cima do vaso

Banheiro do A350 da Qatar – Business (pia)

Banheiro do A350 da Qatar – Business

Banheiro do A350 da Qatar – Business (janela)

Banheiro do A350 da Qatar – Business (Vaso)

Banheiro do A350 da Qatar – Business (Amenidades)

– a existência de equipamento que permite acesso à Internet por meio do sistema Wi-Fi  é ressaltado em anúncio feito na tela do sistema de vídeo; neste voo,a QATAR oferecia acesso gratuito a Internet pelo período de apenas 30 minutos

Propaganda – Wi-fi a bordo – A350 da Qatar

Propaganda – Wi-fi a bordo – A350 da Qatar

– a franquia gratuita do Wi-fi era pequena (apenas 8Mb), mas eram oferecidos pacotes que podiam ser adquiridos com uso de cartão de crédito; os preços eram muito mais caros do que eu tinha visto no voo de Auckland para Doha; por exemplo, 20 doláres era o preço para a franquia de 200Mb, não quis ser “extorquido” e não contratei 

– o sono começou a bater e coloquei a poltrona na posição “cama” (reclina de 180 graus); os botões de comando ficam muito bem posicionados, sem risco de um aperto involuntário, como acontece em alguns assentos da classe Executiva de aviões mais antigos; o cobertor fornecido pela QATAR era macio e confortável e o travesseiro (de fronha roxa) tinha ótimo tamanho; a assento tinha ótima largura e bom comprimento também

Qsuites – A350 – Posição reclinada 180 graus

Qsuites – A350 – Posição reclinada 180 graus

Qsuites – A350 – Posição reclinada 180 graus

Qsuites – A350 – Posição reclinada 180 graus

Qsuites – A350 – Posição reclinada 180 graus

Comandos de regulagem da poltrona – A350 da Qatar

– dormi por cerca de 01 hora e meia, foi pouco tempo, mas foi providencial, eu tinha dormido muito pouco (menos de 04 horas) na noite anterior; logo depois que acordei, acessei o sistema de vídeo na opção que fornece informações sobre o voo e estava indicando que estávamos a mais de 40.000 pés de altitude e faltavam 01 hora e 51 minutos para chegarmos na Alemanha

– a vista da janela continuava maravilhosa; o céu estava muito azul e a ponta da asa curvada do A350 com a logomarca da QATAR em destaque combinava muito bem com ele

Visão da janela do A350 – Doha para Frankfurt

Visão da janela do A350 – Doha para Frankfurt

Visão da janela do A350 – Doha para Frankfurt

– eram 12:15h quando a Jessica veio com sua simpatia ímpar e informou que estávamos próximos de Frankfurt e que era a última oportunidade para que eu pedisse algo mais para comer ou beber; escolhi 03 opções do menu “Snack Platters” (de camarão, queijo e pato) e pedi o champanhe rosé (Drappier – Brut Rosé de Saignée) para acompanhar; tudo muitíssimo bom

Menu do “Snack Platters” – Business da Qatar

“Snack Platters” – Business da Qatar

“Snack Platters” – Business da Qatar

– eram 13:10h quando tivemos um anúncio do cockpit informando que já estávamos em procedimento de descida com previsão de pouso às 13:00h e temperatura de 23 graus em Frankfurt

– a vista da janela continuava espetacular e agora com mais um detalhe interessante: o intenso tráfego aéreo da Europa, com marcas de aviões voando para todos os lados

Registro do tráfego aéreo na Europa – A350 da Qatar

– ainda deu tempo da Jessica fazer “refil” do  meu champagne mais 02 vezes e na última perguntei da troca da cor da necessaire que eu tinha pedido no início do voo; ela fez uma cara de desespero, pediu desculpas 03 vezes e admitiu que tinha esquecido; alguns segundos depois, ela trouxe

Champagne renovado – fase final do voo

Necessaire – Roxa – Business Class da Qatar

– eram 13:40h quando ouvimos o tradicional anúncio dirigido à tripulação: “prepare for landing”; nos monitores começou a ser exibido um vídeo que ressaltava os prêmios Skytrax que a QATAR ganhou0 em 2017 e também informações  sobre as conexões

Destaque dos prêmios recebidos pela Qatar

Informações na tela sobre as conexões em Frankfurt

– o trem de pouso foi armado e travado às 13:52h e pegamos um pouco de turbulência nesta fase final do voo; nos arredores do nosso destino, campos verdes combinavam muito bem com o motor RR do A350 da QATAR

Aproximação para pouso em Frankfurt – A350

Aproximação para pouso em Frankfurt – A350

Aproximação para pouso em Frankfurt – A350

– o pouso foi feito de forma segura apenas 03 minutos depois, às 14:02h do horário do Oriente Médio, ou 13:02h no horário alemão (o fuso horário é de -1 hora)

Pouso em Frankfurt – A350 da Qatar

Pouso em Frankfurt – A350 da Qatar

– o trajeto até o ponto de estacionamento foi lento e encostamos ao lado de um B777-300ER da Thai somente às 13:10h; depois de desembarcar, os passageiros caminham até um andar superior onde uma ampla janela de vidro permite uma visão completa do A350 (neste local, fiz uma transmissão ao vivo no Instagram para mostrar a beleza deste avião)

Airbus A350 da Qatar em Frankfurt

Airbus A350 da Qatar em Frankfurt

– depois de uma caminhada de 10 minutos até o controle de passaporte (onde usei o meu documento português passando pela catraca eletrônica, portanto, sem filas e perda de tempo), cheguei na esteira 22 onde as bagagens já estavam sendo restituídas

AVALIAÇÃO GERAL: as condições que o Programa Smiles oferece para os voos do Oriente Médio para a Europa em classe Executiva da QATAR AIRWAYS são excelentes: número de milhas extremamente razoável e boa disponibilidade de assentos; passar pelo Aeroporto de Doha é experiência incrível, fica a dica de que vale a pena se programar para chegar com antecedência e curtir a área de embarque deste terminal; a Al Mourjan Business Lounge tem muitas virtudes, é enorme e com todas as facilidades, mas o defeito de falta de uma visão decente do pátio não pode ser ignorada; com relação ao voo em si, tudo pode ser resumido de uma única forma: PERFEIÇÃO; avião cheirando a novo, tripulação com postura exemplar e serviço de bordo maravilhoso, uma combinação de puro sucesso que a QATAR conseguiu produzir; sem dúvidas, um dos melhores voos que já fiz na minha vida

como é voar com a Qatar, como é a Qsuite da Qatar, voando na Qatar, executiva da qatar, A350 da qatar, executiva do 350 da qatar
5 respostas

Trackbacks & Pingbacks

  1. […] – de DOHA para FRANKFURT no Airbus A350 – classe Executiva (Qsuite): confira AQUI […]

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *