VOANDO COM A EVA AIRWAYS (TPE/SIN)

– como já registrei na avaliação completa do 2º trecho da Volta ao Mundo de 2018, na programação original da minha jornada, eu voaria com a UNITED AIRLINES por três vezes: do Rio de Janeiro/GIG para Houston/IAH (classe Executiva de um Boeing 767-300), depois para São Francisco/SFO (classe Econômica de um Boeing 737-900) e, finalmente, para Singapura (classe Executiva de um Boeing 787-9)

– entretanto, enquanto voava para os Estados Unidos, a companhia americana me comunicou o cancelamento voo de São Francisco/SFO para Singapura/SIN e consegui fazer a remarcação dos voos entrando em contato com a companhia aérea via rede social (Twitter); por conta disso, a EVA AIRWAYS, companhia aérea de Taiwan, parceira na aliança global STAR ALLIANCE, me levou de Houston até Taipei/TPE (voo BR51, operado por um Boeing 777-300ER, confira AQUI como foi este  longo voo)

Voo BR51 da Eva Airways: de Hosuton para Taipei

 – depois de voar por 7.939 milhas (cerca de 12.775 quilômetros) até Taiwan, chegou a hora de viajar mais 1.996 milhas (cerca de 3.210 quilômetros) até chegar em Singapura, novamente com a EVA AIRWAYS

3.210 quilômetros separam Taipei de Singapura

– não posso reclamar da mudança de voos proporcionada pelo cancelamento inesperado: enquanto a UNITED aparece em um modesto 78º lugar no ranking Skytrax de 2017, a EVA AIRWAYS figura em um honroso 6º lugar

A (RÁPIDA) CONEXÃO NO AEROPORTO DE TAIPEI/TPE

– o voo entre Houston e Taipei foi longo (cerca de 14 horas), mas foi ótimo, a minha 1ª experiência com a EVA AIRWAYS foi muito positiva, mas a chegada em Taiwan foi tardia

– na saída do Boeing 777-300ER, uma funcionária da EVA AIRWAYS acenava uma plaquinha com o nome de alguns passageiros, o meu era um deles; éramos 03 pessoas fazendo conexão para Singapura e começamos uma “corrida maluca” pelo Aeroporto de Taipei

Aeroporto de Taipei/TPE

Aeroporto de Taipei/TPE

– a funcionária agilizou nossa passagem pelo controle de segurança: com a autorização do agente, furamos a fila do raio-x e alcançamos a área de embarque do terminal; a estrutura é linear, se resume a um único e enorme corredor, com muitas lojas e acessos às áreas dos muitos portões de embarque

Esteira rolante no Aeroporto de Taipei/TPE

Corredor principal do Aeroporto de Taipei/TPE

Loja no Aeroporto de Taipei/TPE

– os primeiros sinais de que a Hello Kitty é muito famosa por lá começaram a aparecer: uma enorme  e colorida loja vendia os mais variados produtos desta personagem

Loja da Hello Kitty – Aeroporto de Taipei/TPE

O EMBARQUE NO BOEING 777-300ER

– a funcionária da EVA AIRWAYS nos levou diretamente até o Portão C2, onde o embarque do voo BR225, marcado para partir às 07:40h, com destino a Singapura, já estava sendo realizado; portanto, eu não teria tempo de visitar e conferir a Sala VIP da companhia de Taiwan no Aeroporto de Taipei

 Portão C2 – Aeroporto de Taipei/TPE

 Portão C2 – Aeroporto de Taipei/TPE

– quando olhei pela ampla janela (de vidro verde) da sala de embarque com ótima visão para o pátio de manobras, descobri que voaria em Boeing pintado de Helo Kitty!!!!! O B777-300ER de prefixo B-16722, fabricado em maio de 2015, é um dos aviões da EVA AIRWAYS que carrega cores temáticas desta personagem

Boeing 777-300ER da Eva Airways com pintura Hello Kitty

– o embarque dos passageiros da classe Executiva (denominada “Royal Laurel“) é feito de forma prioritária pela porta L1 do B777, enquanto os passageiros da classe Econômica entram na aeronave pela L2

Embarque – Passageiros da classe Executiva

Embarque – Passageiros da classe Executiva

Porta L1 do Boeing 777-300ER da Eva Airways com pintura Hello Kitty

– o meu assento tinha sido reservado previamente pela Internet, no site da companhia: escolhi o 11K, na última fileira da Business Class, lado direito da aeronave (eu voei na 11A até Taipei, do lado esquerdo); 39 passageiros é a capacidade máxima da classe superior neste “Triplo 7”, neste voo, a ocupação era de 80%

Reserva prévia de assento no site da Eva Airways

Assento 11K do Boeing 777-300ER da Eva Airways

– depois de acomodar minha mochila no bagageiro superior, uma Comissária me ofereceu o welcome drink: eram 03 tipos de suco, escolho de abacaxi, que foi servido junto com toalhinha quente

Welcome drink + Toalhinha quente

não houve distribuição de necessaire e nenhuma amenidade era oferecida nos toaletes (kit dental, protetor de ouvido e paninhos), ao contrário do voo de longa duração que tinha acabado de pegar

– o pushback foi iniciado às 07:45h, apenas 05 minutos depois do horário previsto de partida; durante o taxiamento, várias aeronaves da EVA AIRWAYS, algumas delas com a pintura decorativa da Hello Kitty, além de máquinas da CATHAY PACIFIC, UNITED AIRLINES e HONGKONG AIRLINES

Pátio do Aeroporto de Taipei/TPE

Pátio do Aeroporto de Taipei/TPE

Pátio do Aeroporto de Taipei/TPE

Pátio do Aeroporto de Taipei/TPE

Pátio do Aeroporto de Taipei/TPE

Pátio do Aeroporto de Taipei/TPE

Pátio do Aeroporto de Taipei/TPE

O VOO PARA SINGAPURA

– decolamos às 07:57h pela pista 23L, os motores General Electric GE90 empurraram o Boeing 777 por 41 segundos até tirá-lo do chão; a previsão era de 04 horas de voo até Singapura

– o menu de café da manhã foi distribuído quando ainda estávamos em solo e seguiu a lógica do voo anterior, com 02 opções: Chinese Style e Western Style

Menu do café da manhã: Chinese Style

Menu do café da manhã: Western Style

Opção especial de café da manhã – Business Class

– quando a Comissária veio até mim para perguntar qual seria a minha escolha, resolvi arriscar o “Royal Laurel Special” assinado por Din Tai Fung, a mais famosa cadeia de restaurantes de Taiwan: um pote enorme de macarrão (“noodle soup“) e carne cozida; o prato de frutas servido depois foi providencial, pois o prato principal era bem apimentado

“Café da manhã” – Business Class – TPE/SIN

Café da manhã – Business Class – TPE/SIN

– a experiência de passageiro com a EVA AIRWAYS neste segundo voo foi muito parecida com aquela que tive no voo de Houston para Taipei, portanto, achei mais interessante focar os detalhes desta ida para Singapura em 02 aspectos:

1) como a companhia aérea incorporou a Hello Kitty em seu produto e

2) o voo foi feito durante o dia com um tempo ótimo, portanto, um convite para tirar fotos pela janela do avião

– o interior do Boeing 777 tem a mesma estrutura na classe Executiva (esquema 1 – 2 – 1), mas a Hello Kitty aparece em vários detalhes:

TRAVESSEIRO DA BUSINESS CLASS

Cabine do B777 da Eva Airways – Hello Kitty

Cabine do B777 da Eva Airways – Hello Kitty

Travesseiro – classe Executiva – Eva Airways – Hello Kitty

MENU DE REFEIÇÕES E BEBIDAS

Menu – classe Executiva – Eva Airways – Hello Kitty

PRODUTOS DO BANHEIRO

Banheiro – classe Executiva – Eva Airways – Hello Kitty

Banheiro – classe Executiva – Eva Airways – Hello Kitty

Banheiro – classe Executiva – Eva Airways – Hello Kitty

PANO DA MESA E DA BANDEJA DO SERVIÇO DE BORDO

Pano da mesinha – classe Executiva – Eva Airways – Hello Kitty

Pano da bandeja – classe Executiva – Eva Airways – Hello Kitty

PAINEL INTERNO E PROPAGANDA NO SISTEMA DE VÍDEO

Monitor – classe Executiva – Eva Airways – Hello Kitty

Painel da cabine – classe Executiva – Eva Airways – Hello Kitty

Painel da cabine – classe Executiva – Eva Airways – Hello Kitty

Propapaganda no monitor – classe Executiva – Eva Airways – Hello Kitty

– além disso, durante o serviço de bordo, as Comissárias vestem um jaleco com a Hello Kitty bordada e o vídeo de segurança traz a personagem demonstrando como os passageiros devem se comportar durante o voo

– a EVA AIRWAYS vende miniaturas exclusivas nos voos operados por aeronaves da Hello Kitty; lembrando: eu já tinha comprado um Airbus A330 e um Airbus A321 no voo de Houston para Taipei e tinha a intenção de comprar um Boeing 777 neste voo; mas, atraído pelo desconto de 15% na compra de dois ou mais produtos, adquiri uma dupla de B777 (escala 1/200, com trem de pouso), um deles, o mesmo que eu voava; o custo total foi 115 dólares

Miniatura do B777-300ER da Eva Airways

Miniatura do B777-300ER da Eva Airways (o mesmo que eu voava)

– a visão da última fileira da classe Executiva, era privilegiada, em especial do motor GE do Boeing 777-300ER da EVA AIRWAYS; o dia lindo, com céu azul, proporcionou uma combinação ótima para uma série de fotos

DURANTE O VOO ENTRE TAIPEI E SINGAPURA

Motor GE do Boeing 777-300ER da Eva Airways

Motor GE do Boeing 777-300ER da Eva Airways

Motor GE do Boeing 777-300ER da Eva Airways

Janelas do Boeing 777-300ER da Eva Airways

NA APROXIMAÇÃO PARA POUSO EM SINGAPURA

Motor GE do Boeing 777-300ER da Eva Airways

Motor GE do Boeing 777-300ER da Eva Airways

Motor GE do Boeing 777-300ER da Eva Airways

Motor GE do Boeing 777-300ER da Eva Airways

pousamos no Aeroporto de Singapura (Changi Airport/SIN) às 11:59h, apenas 01 minuto antes do horário previsto; durante o taxiamento, 03 Airbus A380s da SINGAPORE AIRLINES estavam sendo preparados para suas próximas missões

Airbus A380s da Singapore Airlines em Changi

– depois de desembarcar, as janelas de vidro do Aeroporto permitiram um último registro do B777 que me levou de Taipei até Singapura, mas, infelizmente, o ângulo não foi suficiente para mostrar a pintura especial desta máquina

Boeing 777-300ER – Eva Airways – Hello Kitty

– este terminal é eleito um dos melhores do mundo há anos (na avaliação do próximo voo da Volta ao Mundo de 2018 – de Singapura para Bangkok – vou dar mais detalhes), por ora, vale o registro da enorme e imponente área da imigração

Área de imigração do Aeroporto de Singapura

AVALIAÇÃO GERAL: com relação ao quesito “Passagem”, é preciso resgatar aquilo que já pontuei nos dois reports anteriores da Volta ao Mundo: “a quantidade de milhas necessárias para a emissão de uma passagem em classe superior saindo da América do Sul com destino ao Sudeste Asiático foi extremamente razoável, considerando que 02 dos 03 voos da programação original seriam de longa duração“; com a mudança dos voos provocada pelo cancelamento da UNITED, a relação custo-benefício ficou ainda melhor, apesar da longa estadia forçada em Houston e o custo adicional do hotel que eu acabei tendo; viajar na 6ª melhor companhia aérea do mundo tem seu valor; o atraso na chegada em Taipei me impediu de visitar a Sala VIP, o que é um ponto negativo que merece ser indicado; o Boeing 777-300ER da EVA AIRWAYS tinha 03 anos “de idade” e o seu interior estava imaculado, com claros sinais de que está sendo muito bem conservado; achei bem interessante a “Hello Kitty experience”, a companhia de Taiwan conseguiu desenvolver um bom produto em torno da famosa personagem; o esquema da classe Executiva é excelente, são apenas 04 poltronas por fileira em um avião de fuselagem bem larga, todos passageiros têm acesso direto ao corredor; neste voo, não precisei acionar a posição “cama” (full flat) da poltrona; não cheguei a ligar o monitor do sistema de vídeo, mas vale recorrer a aquilo que registrei na avaliação do outro voo: “tinha grande variedade de conteúdo e o fone de ouvido funcionava de forma eficiente“; o serviço de bordo foi apenas bom, em um nível abaixo da experiência interior, mas adequado para um voo de média duração (04 horas); a tripulação teve uma atitude correta e atenciosa durante todo o voo; no geral, o meu 2º (e provavelmente último) voo com a EVA AIRWAYS também foi muito bom

1 responder

Trackbacks & Pingbacks

  1. […] – confira AQUI) e com  EVA AIRWAYS por 02 vezes: IAH/TPE (confira AQUI) e TPE/SIN (confira AQUI) – esta seria a minha 3ª experiência com a SINGAPORE AIRLINES, eleita a 2ª melhor […]

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *