Concorrência nos voos para o Vale do Aço

A PASSAREDO está iniciando suas operações para o (modesto e simpático) Aeroporto de Ipatinga/IPN, em Minas Gerais, o único na região do chamado “Vale do Aço“, que recebe este nome em função da grande concentração de indústrias do ramo da siderurgia. Governador Valadares foi outra cidade que passou a receber os aviões branco e amarelo.

A AZUL já tem um longa história com a cidade de Ipatinga, onde opera desde fevereiro de 2008. Atualmente, são 04 frequências diárias, saindo do Aeroporto Internacional Tancredo Neves/CNF.

Horários dos voos da Azul entre CNF e IPN

A AZUL coloca nesta rota o seu eficiente turbo-hélice ATR-72/600, com capacidade para 70 passageiros, em classe única (Econômica), aeronave perfeita para IPN, que tem apenas uma pista com 2.004 metros de extensão.

ATR-72 da Azul em IPN

ATR-72 da Azul em VCP

Cabine do ATR-72 da Azul

E agora terá a concorrência da PASSAREDO, que terá um voo diário partindo do Aeroporto da Pampulha/PLU e outro saindo do Aeroporto Internacional de Guarulhos/GRU. Portanto, apesar de ter menos frequências, a companhia do interior paulista terá 02 diferenciais: vai operar a partir do terminal central da capital mineira e terá voos para São Paulo.

Horários dos voos da Passaredo entre GRU e IPN

Horários dos voos da Passaredo entre PLU e IPN

Assim como a AZUL, a PASSAREDO vai colocar o ATR-72 nos voos para Ipatinga, afinal, este é o único modelo de aeronave que compõe a frota da companhia, que também está configurado para 70 lugares.

ATR da Passaredo decola em Brasília

ATR-72 da Passaredo pousa no SDU

Cabine do ATR-72 da Passaredo

Os passageiros do Vale do Aço voltam a contar com competição entre empresas aéreas, depois que a FLYWAYS encerrou suas atividades em junho de 2016 (foram apenas 06 meses de operação com um par de ATR-72, iniciada no final de 2015, mas o suficiente para que Voando e Avaliando conferisse os serviços da companhia, confira AQUI).

ATR-72 da FLYWAYS em PLU

ATR-72 da FLYWAYS em PLU

Notícia formulada em 15.10.2017

1 responder
  1. Júnior
    Júnior says:

    Muito bom! Todos ganham, principalmente o consumidor.
    Acho que a Passaredo vai incomodar a Azul com os diferenciais que vc apontou. Além disso o preço da passagem de Ipatinga para BH da Passaredo é bem melhor que o da Azul indo para Confins.
    Simpatizo com a Passaredo, tomara que ela se recupere. Só achei que ficou mto estranho a fusão com a Itapemirim e que logo depois foi desfeita.

    Responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *