Voando com a AIR FRANCE (CDG/LHR)

– depois de ir do Brasil para Lisboa com a TAP (confira AQUI como foi) e de Lisboa para Madrid com a AIR EUROPA (confira AQUI como foi), chegou a hora de conferir como está o serviço de uma tradicional companhia aérea européia

– ir da França para a Inglaterra é muito fácil, as opções de avião e trem de alta velocidade agradam a qualquer tipo de viajante; eu adoro pegar o EUROSTAR, partindo da Gare du Nord e chegando na St. Pancras Station, cruzando o Canal da Mancha pelo túnel submerso, viajando a 300 km/h, mas ir de avião também é uma ótima alternativa

O BOEING 787 DA AIR FRANCE

– em fevereiro deste ano, passei por Londres e fiz uma sessão de fotos em uma das cabeceiras do Aeroporto de Heathrow/LHR (confira todos os registros AQUI) e um dos aviões “clicados” foi o Boeing 787-9 da AIR FRANCE; foi ali que descobri que, apesar da pouca distância entre as cidades (217 milhas ou 350 quilômetros), a companhia francesa coloca uma aeronave de fuselagem larga na rota

B787 em aproximação para pouso em LHR

B787 em aproximação para pouso em LHR

B787 em aproximação para pouso em LHR

– a AIR FRANCE opera 06 voos diariamente entre Paris/CDG para Londres/LHR e o primeiro deles, que parte bem cedo pela manhã, é operado pelo Boeing 787-9

– atualmente, somente 02 unidades deste modelo da Boeing fazem parte da frota da companhia:

  • o F-HRBA, que foi entregue em dezembro de 2016 (ou seja, as fotos acima são deste avião)
  • o F-HRBB, que foi entregue em abril de 2017

– ambos estão configurados em 03 classes de serviço, com 30 lugares na classe Executiva (fileiras de 1 a 8, configuração 1 x 2 x 1, com assentos que viram cama 180 graus), 21 lugares na Premium Economy (fileiras 10 a 12, configuração 2 x 3 x 2 e poltronas com 130 graus de reclinagem) e 225 lugares na classe Econômica (fileiras 15 a 43), são 276 lugares no total

Seat Guru – B787 – Air France

– a AIR FRANCE já anunciou que o B787 vai ser colocado para operar um dos dois voos diários para Guarulhos/GRU a partir de 2018

A COMPRA DA PASSAGEM

– eu precisava ir de Paris para Londres no início das minhas pequenas férias tiradas em setembro, portanto, não podia perder a oportunidade de conferir como era voar no B787 da AIR FRANCE

– a tarefa ficou ainda mais fácil quando fiz a pesquisa dos preços no final de julho, ou seja, com 45 dias de antecedência: total de R$ 225,77 (R$ 113,09 de tarifa + R$ 112,68 de taxas) para um lugar na classe Econômica do voo AF1680, com partida marcada para 07:30h

– eu recebi um e-mail 48 horas antes do voo com o meu cartão de embarque, portanto, o meu check-in já estava pronto; isto foi possível porque eu forneci todos os dados pessoais durante o processo de compra da passagem

O AEROPORTO DE PARIS/CDG

– eu estava hospedado em um hotel nos arredores do principal aeroporto francês, que oferecia um ônibus circular e gratuito a cada 20 minutos; em menos de 15 minutos eu estava chegando no Terminal 2, na área da estação de trem que serve ao Charles de Gaulle, onde cheguei às 05:45h, com bastante antecedência para o voo marcado para 07:30h

– a AIR FRANCE opera seus voos para Londres na seção E do T2, para onde eu precisava me dirigir; tudo é muito bem sinalizado, no trajeto até lá, um enorme painel analógico (“à moda antiga“) está instalado perto de um conjunto de escadas rolantes; algumas esteiras rolantes ajudam os passageiros no deslocamento 

– no meio do caminho, a AIR FRANCE instalou alguns totens de auto-atendimento, apesar de já ter o meu boarding pass impresso, fui testar como era a experiência de utilizar estes quiosques; os passageiros podem fazer tudo (alterar assento, imprimir etiqueta de bagagem, pagar excesso, etc.), a navegação é rápida e bem simples e a comunicação é clara

– durante o processo, a AIR FRANCE me ofereceu a opção de voar na Premium Economy pagando 129,00 euros ou um assento conforto por 15 euros

– não quis gastar nada a mais e mantive o meu planejamento original para voar na classe Econômica e no assento que a AIR FRANCE tinha me designado

– a área de check-in e atendimento da AIR FRANCE no CDG é muito bonita, a iluminação é feita por grandes lustres em forma de globos, com um teto alto e estiloso; em um grande salão que fica bem em frente à área de controle de acesso e segurança, um enorme telão digital faz propaganda de algumas marcas

– antes dos passageiros se submeterem ao controle de raio-x, há uma rígida conferência do peso das malas que os passageiros pretendem levar para dentro do avião: uma equipe de segurança pesava todas as bagagens e vetava alguns exageros

– passar pela segurança e controle de passaporte foi bem tranquilo (por volta de 06:15h), não peguei fila para nada; a área de embarque do Terminal 2E do CDG é simplesmente linda; tem uma área com esculturastodas as grifes mundiais e caríssimas têm lojas imponentes, tudo com muito luxo

– o chão tem um piso frio e brilhante ou é coberto por um tapete vermelho, já a iluminação é feita por conjuntos de 02 luminárias redondas e a estrutura principal tem forma de arco nas extremidades 

– o aeroporto oferece a facilidade de Wi-Fi gratuito, mediante o preenchimento de um rápido cadastro, algo sempre bem-vindo  

– eu não tenho status premium no programa Flying Blue da AIR FRANCE, nem em qualquer outra companhia aérea que faz parte da aliança global SKY TEAM, portanto, não tinha como ir para a Sala VIP do aeroporto

– o embarque do meu voo estava indicado para acontecer no Portão K45; os portões de CDG são identificados de forma ostensiva por meio de painéis ovais e azul escuro

– o B787-9 escalado para operar o meu voo já estava estacionado e sendo preparado, mas ainda estava um pouco escuro e a estrutura curva da janela do Aeroporto provocava muitos reflexos, as fotos não ficavam boas de jeito nenhum  

– o embarque do voo AF1680 foi anunciado pelo sistema de áudio do saguão às 06:40h e rapidamente se formaram filas em frente ao portão; mas às 06:55h foi feito um novo anúncio informando que a autorização para entrada no Boeing atrasaria um pouco ainda

Portão K45 – CDG

Portão K45 – CDG

Portão K45 – CDG

O EMBARQUE NO BOEING 787-9

– finalmente, eram 07:00h quando as pessoas foram convocadas a embarcar; a fila de prioridades era enorme, mas eram 04 funcionários da AIR FRANCE conferindo os boarding pass, com isso, tudo andou rápido 

– o estiloso B787-9 escalado para este voo era o mais novo da pequena frota da AIR FRANCE, de prefixo F-HRBB, que foi entregue em abril de 2017

– a entrada dos passageiros estava sendo feita pela porta 2L, por isso não passei pela Business Class e não consegui conferir como era; indo para o meu assento na classe Econômica, passei pela Premium Economy, que tem uma estrutura interessante, com uma “carcaça” individual, na configuração 2 x 3 x 2

– a companhia francesa configurou a classe Econômica dos seus B787s no esquema 3 x 3 x 3, com monitores de vídeo individuais, com assentos revestidos de tecido azul escuro com um linha vermelha vertical e encosto de cabeça de couro azul escuro também 

classe Econômica do B787 da Air France – Panorâmica

classe Econômica do B787 da Air France – lateral

classe Econômica do B787 da Air France – lateral

– meu assento era o 32D, um corredor da parte central, lado esquerdo; neste voo da França para a Inglaterra, a ocupação era de 80%uma tomada universal está instalada na estrutura do conjunto de poltronas da frente e uma porta USB está instalada no monitor individual, portanto, carregar equipamentos eletrônicos durante o voo é possível 

Porta USB para carregar celular

Tomada universal

– no bolsão da poltrona da frente, a AIR FRANCE coloca o cartão com as instruções de segurança, a revista de bordo “MAGAZINE” e um cartão com as instruções para o uso do sistema de conexão à internet a bordo (que acabei não testando!!!!!)

O VOO PARA LONDRES

– o pushback foi iniciado às 08:00h, ou seja, com atraso de 30 minutos, metade da duração estimada do voo; o taxiamento foi rápido para um aeroporto das dimensões do CDG, iniciamos a decolagem às 08:11h, os 02 silenciosos motores GEnx empurram o B787 por 41 segundos

– na fase incial do voo, estava muito frio dentro da cabine, muitos passageiros pedindo manta

– o serviço de bordo foi gratuito foi iniciado por volta de 08:25h: um Comissário passou pelos corredores com uma caixa cheia e croissants e distribui aos passageiros; logo atrás, 02 outros vieram atrás com um carrinho oferecendo água, suco e café (minha opção, bem servido e quente); a mesinha tem bom tamanho, com um porta-copos

– a AIR FRANCE instalou 07 banheiros no B787, a maioria deles na parte central; eu fui conferir o único que fica na parte traseira da aeronave; de tamanho apenas razoável, estava muito limpo, com lencinhos umedecidos disponíveis

– o sistema de vídeo era muito bom: tela de tamanho “honesto”, de alta resolução e comandos touchscreen; o conteúdo de filmes e séries era variado, com opções para crianças e em várias línguas (inclusive português); mas a AIR FRANCE não distribuiu fones de ouvido, portanto, os passageiros tinham que usar os próprios 

– a opção de mapa do voo também está disponível no sistema de entretenimento, com possibilidade de “zoom” da imagem por meio do touchscreen

– o lixo que os passageiros produziram com o serviço de bordo é recolhido pela tripulação com a ajuda de um sacolão azul, o processo é bem rápido 

– o espaço para pernas era bem modesto, um ponto negativo da configuração utilizada pela AIR FRANCE; apesar disso, o assento reclina bem, a sensação era ter mais angulação do que o normal 

– o voo se manteve tranquilo; o trem de pouso do Boeing 787 da AIR FRANCE foi armado e travado às 08:56h (eram 07:56h no horário britânico, o fuso horário com relação à Paris é de -1 hora) e pousamos apenas 04 minutos depois, o piloto executou um pouso muito seco, a “porrada” foi forte na pista molhada de chuva do maior aeroporto de Londres

– fizemos um longo taxiamento em Heathrow, só fomos encostar no terminal de passageiros às 08:10h; fui um dos últimos passageiros a desembarcar, tive uma rápida conversa com um dos Comissários sobre o B787: ele era um entusiasta desde modelo, adorava trabalhar nele

Chuva em Londres

B787-9 da Air France em Londres

Motor GEnx do B787-9 da Air France em Londres

– um gigantesco AIRBUS A380 da companhia dos Emirados Árabes ETIHAD estava sendo preparado para o retorno a Abu Dhabi e estacionado ao lado do B787 da AIR FRANCE

AVALIAÇÃO GERAL: o preço da passagem foi excelente, menos de R$ 250,00 para viajar entre 02 capitais européias com a 18ª melhor companhia aérea do mundo em 2017 (de acordo com a Skytrax); o Aeroporto Charles de Gaulle traz muito conforto para os passageiros, com estruturas lindas e muito espaço; o Boeing 787 é uma máquina maravilhosa, não podia perder a chance de fazer um voo de curta duração a bordo dela; voei em um avião novinho, com ótimo sistema de vídeo, mas o pouco espaço para as pernas impede de levaer o selo TOP; a triupulação teve atitude correta durante o voo, tratando todos com atenção, mas o atraso na partida de Paris não pode ser ignorado; o serviço de bordo foi gratuito e simples, mas o café quentinho agradou e não há como exigir muito para um voo tão curto; no geral, foi uma experiência extremamente agradável com a AIR FRANCE

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *