Cuidado com a tentação das milhas

Em setembro, tirarei 10 dias de férias e irei com a “patroa” para a Europa. Estava correndo atás das passagens internas e me deparei com a seguinte situação: a tentação de usar milhas/pontos dos programas de fidelização pode ser um erro! Vamos aos detalhes.

Enquanto pesquisava no site do PROGRAMA SMILES para voar no dia 08.09.2017 de PARIS/FRANÇA para LONDRES/INGLATERRA na classe Econômica, encontrei a opção de 15.000 milhas ou 9.000 milhas + R$ 250,00 (além da taxa de embarque de R$ 112.68), um voo da AIR FRANCE (AF1680), que parte às 07:30h, operado por um Boeing 787-9.

Resolvi fazer uma pesquisa diretamente no site da AIR FRANCE para verificar o valor da passagem para confirmar que “torrar” algumas milhas do SMILES realmente valeria a pena. E os preços cobrados pela companhia aérea me surpreenderam: R$ 200,00, na tarifa mais básica (“Light”) ou R$ 226,00 na mais intermediária (“Standard”).

E reparem que nestes valores cobrados pela companhia francesa, a taxa de R$ 112,68 já está incluída! Ou seja: a opção de compra tem uma relação custo-benefício muito melhor do que a emissão da passagem com a utilização de milhas, lembrando que um bilhete pago ainda permite o acúmulo delas.

Em uma outra análise rápida, foi possível perceber que a mesma distorção acontece com voos da KLM, de Amsterdã/Holanda para Londres/Inglaterra; na opção Smiles&Money são necessárias 9.000 milhas + R$ 250,00 + taxa de R$ 80,33…

…mas a KLM vende o mesmo voo no mesmo dia por 87 euros (cerca de R$ 320,00) com todas as taxas incluídas.

Fiz outras simulações para voos da ALITALIA, outra parceira do Programa Smiles e que também opera na Europa, e a situação é sempre a mesma, geralmente, não valia a pena cair na tentação de usar milhas.

Portanto, a sugestão é sempre fazer o “teste do valor” antes de emitir uma passagem com o uso de pontos/milhas dos diversos programas.

Para informação: todas as pesquisas de preços e quantidade de milhas foram feitas no dia 25.07.2017.

Post publicado em 26.07.2017

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *