O A380 DA EMIRATES NO BRASIL

Em 16.01.2017, a EMIRATES, companhia aérea eleita a melhor do mundo pelo prêmio Skytrax 2016, confirmou que iria mudar a aeronave que opera o voo diário entre DUBAI (DXB – Emirados Árabes) e GUARULHOS/GRU: sai o Boeing 777-300 e entra o gigante de 500 toneladas Airbus A380.

Eu já tinha tido a oportunidade de encontrar esta máquina sensacional nas cores da companhia árabe em 03 oportunidades: Aeroporto de Londres (Inglaterra), Aeroporto de Dusseldorf (Alemanha) e Aeroporto de Barcelona (Espanha)

Com isto, seria iniciada uma nova era na aviação brasileira, com o primeiro voo comercial regular deste modelo de avião para o Brasil, que já visitou nosso país em situações muito excepcionais (por exemplo: a Air France operou 01 único voo durante as Olimpíados 2016 para levar de volta os atletas franceses do Rio para Paris).

O grande dia foi 26.03.2017, quando um A380 partiu de Dubai às 09:52h do horário local (02:52h no horário brasileiro), ou seja, com cerca de 01 hora e 20 minutos de atraso. O Airbus escalado para este voo foi o A6-EOM, fabricado e entregue à EMIRATES em agosto de 2015, portanto, tem menos de 02 anos de uso.

…viajou por 14 horas e 24 minutos e chegou em Guarulhos às 17:16h.

Eu acompanhei tudo de perto. Confira como foi.

Parti do Santos Dumont/SDU para Guarulhos/GRU em uma bela e ensolarada manhã de domingo, voando e avaliando a AZUL (voo de 11:35h). Cheguei no maior aeroporto brasileiro por volta de 12:30h, no Terminal 1. Almocei por lá e peguei o ônibus cicular do GRU Airport para o Terminal 2, pois queria conferir como é o “janelão” que tem no mezanino do prédio com vista para o pátio. No caminho entre os terminais, um outdoor anunciava a novidade:

O mezanino do T2 foi uma decepção: a janela é pequena (cerca de 05 metros) e o vidro estava incrivelmente sujo, a admnistração do aeroporto perdeu uma grande oportunidade de fazer uma limpeza, pois a chegada do A380 atrairia muita gente. Comecei a conversar com alguns outros apaixonados por aviação que estavam lá e discutimos qual seria o melhor ponto para acompanhar a chegada do gigante. As opções mais indicadas eram: (i) uma área perto do T1 e (ii) uma área chamada de “morrinho”, localizada nos arredores do aeroporto, em frente ao local onde ficam estacionados os aviões de grande porte que chegam pela manhã e só voam a noite (esta área é considerada de risco, há relatos de assaltos por lá, mas todos diziam que neste dia estaria seguro, com muita gente e policiamento por lá).

Resolvemos dar uma conferida na 1ª opção, tínhamos tempo para isso. Pegamos o ônibus de novo e voltamos para o T1, para a área de um estacionamento, a cerca de 100 metros do edifício, perto dos galpões de cargas da LATAM e GOL. A visão era limitada, só seria possível registrar a chegada do A380 em 02 momentos e de forma expressa: na aproximação final e no momento do toque no solo. Não gostei desta opção, por mais que a ideia de registrar a imagem do avião segundos antes de tocar o solo, com o trem de pouso travado, fosse atrativa.

Eram 16:00h, cerca de uma 01 hora antes da chegada prevista do A380 e algumas pessoas (famílias inclusive) começavam a chegar, o clima já era de festa e animação.  A quantidade de gente com máquinas de fotografar de todos os modelos também me chamou a atenção.

Decidimos ir embora, confiando que a 2ª opção seria a melhor. Chamei um Uber às 16:20h, que chegou rapidinho; em linha reta, o “Morrinho” seria perto, mas o trajeto de carro é longo, é preciso fazer uma longa volta para ir até lá, demoramos um pouco menos de 30 minutos (o custo foi de R$ 23,00).

O “morrinho” estava lotado! É preciso passar por um buraco de uma grade e acessar uma parte com grama e pequenos arbustos para ter uma ampla visão do aeroporto: pistas e terminais ao alcance dos nossos olhos. Acho que a escolha de acompanhar o pouso neste lugar foi acertada. A cabeceira realmente fica longe, mesmo com um bom zoom de máquina, fazer um bom registro do momento do toque seria um desafio.

Logo me chamou atenção a visão privilegiada da área de estacionamento dos grandes aviões que pousaram de manhã cedo em GRU e aguardam a hora de cumprir nova missão a noite: A350, B777 e B767 da LATAM, B777 e B787 da AMERICAN AIRLINES, B777 da UNITED (um deles com a pintura da Star Alliance) e A330 da SOUTH AFRICAN AIRWAYS.

O ambiente era super legal, gente de todas as idades, celulares, filmadoras, máquinas simples, máquinas profissionais, cadeira de praia, piquenique, tinha de tudo! Quando o A380 apontou na direção da pista 09L de Guarulhos (é a pista da esquerda, a maior, com 3.700 metros de comprimento), a euforia foi geral: assobios, aplausos e gritos de “lá vem ele”.

O A380 da EMIRATES fez um pouso com muita fumaça no contato com a pista de asfalto dos 20 pneus do trem de pouso traseiro, usando toda a extensão da pista para executar um pouso seguro. Depois usou a pista de taxiamento para se dirigir vagarosamente ao terminal de passageiros, recebendo o tradicional canhão de água dos caminhões dos bombeiros e, finalmente, encostando em um portão do Terminal 3 de GRU, onde uma festa estava sendo realizada para convidados selecionados (por exemplo: o Prefeito de São Paulo lá estava).

O modelo que a EMIRATES mandou para o Brasil neste 1º voo carrega uma pintura especial: vários animais estão pintados na fuselagem e faz parte da parceria da companhia áreabe com a ONG United for Wildlife, que tenta unificar esforços para combater o comércio ilegal de animais.

As fotos da chegada estão separadas em: 1) Morrinho, 2) Aproximação, 3) Toque no Solo, 4) Frenagem e Reverso, 5) Taxiamento e 6) Canhão de Água.

MORRINHO

APROXIMAÇÃO

TOQUE NO SOLO

FRENAGEM e REVERSO

TAXIAMENTO

CANHÃO DE ÁGUA

Para terminar, compartilho alguns números impressionates desta máquina gigante:

  • tem 04 turbinas Rolls Royce Trent 900, que permitem uma decolagem com até 575 toneladas de peso
  • tem 02 andares, podendo carregar mais de 800 pessoas (dependendo da configuração de cabine)
  • pode voar por mais de 15.000 km a uma velocidade de 900km/h, a uma altura de 13.000 metros (43.000 pés) e carregando mais de 320.000 litros de combustível
  • a superfície das asas mede 845 metros quadrados
  • tem medidas impressionantes: mais de 72 metros de comprimento, quase 80 metros de distância entre as pontas da asa e 24 metros de altura (o equivalente a um prédio de 06 andares)

Eu já voei e avaliei 02 vezes o A380, confira:

Notícia formulada em 28.03.2017 – V&A

3 respostas

Trackbacks & Pingbacks

  1. […] – a EMIRATES virou notícia recentemente, pois desde 26.03.2017, o gigantesco e fantástico A380 opera o voo diário de Dubai para Guarulhos/GRU; V&A acompanhou a chegada do 1º voo, confira como foi AQUI […]

  2. […] – a EMIRATES virou notícia recentemente, pois desde 26.03.2017, o gigantesco e fantástico A380 opera o voo diário de Dubai para Guarulhos; V&A acompanhou a chegada do 1º voo, confira como foi AQUI […]

  3. […] – chegou a hora de ir para São Paulo acompanhar o 1º pouso do gigante A380 da companhia EMIRATES em voo regular de Dubai para Guarulhos (confira todos os detalhes deste momento histórico para a aviação brasileira  brasileira AQUI) […]

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *