Companhias Aéreas – Black List de Segurança

A revista americana TIME publicou no início de 2016 uma reportagem sobre as companhas aéreas que têm algum tipo de problema com a segurança em voo. A revista se baseou no ranking divulgado pelo site australiano AirlineRatings.com, que, basicamente, analisa: 1- rigor em seguir procedimentos de segurança, 2- uso de tecnologia de ponta nos sistemas de navegação e 3- aderência às melhores práticas de segurança de voo (estes são os critérios: http://www.airlineratings.com/safety_rating_criteria.php).

O site classificou as empresas em 07 grupos:

  • o Grupo 7 é aquele que tem as empresas aéreas mais seguras do mundo, ou seja, podemos voar sem nenhum tipo de preocupação
  • já as companhias do Grupo 1 são aquelas consideradas as mais perigosas, ou seja, devemos evitar voarcom elas ou torcer para ter um Padre ao seu lado no avião…risos…

Esta são as avaliações das companhias áereas brasileiras:

  • LATAM: foi incluída no Grupo 6
  • GOL: foi incluída no Grupo 7
  • AZUL: foi incluída no Grupo  7
  • AVIANCA (filial da Colômbia): foi incluída no Grupo  7

A reportagem listou as companhias que ocupam os 03 piores grupos:

Grupo 3 (21 empresas – V&A já avaliou a Air Asia e a Nok Air):

  • Afriqiyah (Líbia)
  • Air Bagan (Myanmar)
  • AirAsia Thailand (Tailândia) –  confira a avaliação completa AQUI
  • AirAsia Zest (Filipinas)
  • Avia Traffic Company (Quirguistão)
  • Bangkok Air (Tailândia)
  • Camair-Co (Camarões)
  • Cambodia Angkor Air (Camboja)
  • Drukair Royal Bhutan (Butão)
  • FastJet (Tanzânia)
  • Felix Airways (Iêmen)
  • Fly540 (Quênia)
  • Garuda Indonesia
  • JetStar Pacific (Vietnã)
  • LAM (Moçambique)
  • Libyan Airlines (Líbia)
  • Nauru Airlines (República de Nauru)
  • Orient Thai Airlines (Tailândia)
  • Polynesian Airlines (Samoa)
  • Scat (Cazaquistão)
  • Somon Air (Tajiquistão)
  • Tajik Air (Tajiquistão)

Grupo 2 (06 empresas):

  • Airlines PNG (Papua-Nova Guiné)
  • Ariana Afghan Airlines (Afeganistão)
  • Blue Wing (Suriname)
  • Daallo Airlines (Djibouti)
  • Kam Air (Afeganistão)
  • NOK Air (Tailândia) – confira a avaliação completa AQUI

Grupo 1 (10 empresas, todas da Indonésia e Nepal):

  • Batik Air (Indonésia)
  • Citilink (Indonésia)
  • KalStar Aviation (Indonésia)
  • Lion Air (Indonésia)
  • Nepal Airlines (Nepal)
  • Sriwijaya Air and Nam Air  (Indonésia)
  • Tara Air (Nepal)
  • TransNusa  (Indonésia)
  • Wings Air  (Indonésia)
  • Xpress Air  (Indonésia)

Acessando o site australiano, também é possível descobrir as 20 melhores companhias, são elas (em ordem alfabética): American Airlines, Alaska Airlines, All Nippon Airways, Air New Zealand, Cathay Pacific Airways, Emirates, Etihad Airways, EVA Air, Finnair, Hawaiian Airlines, Japan Airlines, KLM, Lufthansa, Qantas, Scandinavian Airline System – SAS, Singapore Airlines, Swiss, United Airlines, Virgin Atlantic e Virgin Australia.

Há também o ranking das empresas de baixo custo (Low-Cost) mais seguras, novamente em ordem alfabética: Aer Lingus, Flybe, HK Express, Jetblue, Jetstar Australia, Thomas Cook, TUI Fly, Virgin America, Volaris and Westjet.

Portanto, se for viajar pelo mundo, em especial para a África e Ásia, vale a consulta ao site abaixo para avaliar os riscos associados:

http://www.airlineratings.com/

Segue o link da reportagem da revista TIME:

http://time.com/4178976/airlines-lowest-safety-ratings/

Notícias formuladas originalmente em 21.01.2016 e revisadas em 14.02.2017

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *